Aperte enter para pesquisar

Brasil

COAF

Toffoli suspende investigações contra Flavio Bolsonaro

No fim de 2018, um relatório apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O documento revelou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Fabrício Queiroz, motorista e assessor do então deputado estadual

por Jonas Laskouski

Atualizado em 16/07/2019 - 07h02

O presidente do (STF) Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, suspendeu todas as investigações contra senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) que utilizem informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e da Receita Federal, que não tiverem autorização da Justiça.

 

 

O caso ficou conhecido pela investigação de movimentações financeiras suspeitas do ex-assessor de Flavio, Fabrício Queiroz. Na decisão, válida para todos os processos em tramitação no Brasil, Toffoli cita investigações do Ministério Público “sem supervisão judicial” e que a medida visa evitar “usurpação de competência do Poder Judiciário”.

 

Toffoli afirmou, contudo, que a “decisão não atinge as ações penais e/ou procedimentos investigativos” e que “ocorreram com a devida supervisão do Poder Judiciário e com a sua prévia autorização”.

 

No fim de 2018, relatório do Coaf apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O documento revelou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Fabrício Queiroz, que havia atuado como motorista e assessor de Flávio Bolsonaro à época em que o parlamentar do PSL era deputado estadual.

 

O filho de Jair Bolsonaro tem dito estar à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos, mas não atendeu aos convites do Ministério Público para apresentar as explicações.

 

(Com informações da Gazeta do Povo e do G1)

Comentários

Notícias Relacionadas

OPINIÃO

Lei de abuso de autoridade é um abuso de "autoridades". Políticas

A repercussão negativa da rápida tramitação da proposta de abuso de autoridade e suas punições tomam conta das redes socias. No Twitter, a hashtag #VetaBolsonaro entrou no Trend Topics e se tornou o assunto mais comentado da rede social no Brasil nesta quinta (15)

MEDIDA PROVISÓRIA

Entenda ponto a ponto o que muda com a MP da Liberdade Econômica

Me afeta, te afeta, nos afeta. Trabalho aos domingos, dispensa de alvará, CLT digital e a possibilidade de abertura de bancos aos sábados estão entre os pontos da medida. Segundo o Governo, a estimativa é que sejam gerados quase 4 milhões de novos empregos. As informações são da Veja

ALERTA

Mais de 2 milhões de brasileiros apresentam traços de dependência alcoólica

3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revela números que impressionam. Quer dizer, será que impressionam mesmo ou é o tipo de coisa que a gente lê e pensa 'ah, mas beber todo mundo bebe'. Não é bem assim não