Aperte enter para pesquisar

Paraná

NOVELA

Concessionárias de pedágio - duas delas - têm 30 dias para reduzir tarifas no PR

As empresas são responsáveis por trechos da BR-277, tanto na ligação de Curitiba com o Litoral do Estado, como entre Guarapuava e Foz do Iguaçu

por Jonas Laskouski

Atualizado em 21/09/2019 - 10h28

Segundo matéria publicada pela Gazeta do Povo nesta sexta (20), duas concessionárias de rodovia que atuam no Paraná, a Ecocataratas e a Ecovia, devem reduzir os valores cobrados em todas as suas praças de pedágio a partir de 19 de outubro. A redução é uma das medidas previstas no acordo de leniência homologado entre as empresas de pedágio e o Ministério Público Federal (MPF), no âmbito da Operação Integração.

 

As empresas tinham 30 dias para aplicar as novas tarifas, contados a partir da publicação da homologação do acordo de leniência – a publicação do documento, com 29 páginas, ocorreu na quinta (19). Os novos valores da tarifa irão vigorar durante 12 meses.

 

Os novos preços ainda não foram divulgados pelas empresas. Cálculo extraoficial aponta que, no caso da Ecovia, o valor para carros deve cair de R$ 20,90 para R$ 14,63.

 

Nas cinco praças da Ecocataratas, os preços para automóveis variam atualmente entre R$ 12,50 e R$ 16,40 e a estimativa é de redução para valores na faixa entre R$ 8,75 e R$ 11,48.

 

As empresas são responsáveis por trechos da BR-277, tanto na ligação de Curitiba com o Litoral do Paraná, como entre Guarapuava e Foz do Iguaçu.

(Com informações de Catarina Scortecci e Katia Brembatti)

Comentários

Notícias Relacionadas

ESTADO

Estimado em quase R$ 50 bilhões o orçamento 2020 para o Paraná

Conforme o projeto, a reposição salarial de 2% para os servidores está prevista, assim como recursos destinados ao pagamento de promoções e progressões de carreira. Educação, Saúde e Segurança irão receber a maior parcela

NÃO PEGOU BEM

Enquanto isso, aqui no PR, deputado 'reclama' de salário congelado de R$ 25 mil

"Para os senhores terem uma ideia, no meu terceiro mandato aqui na Assembleia, com o salário de deputado você ia em uma concessionária e comprava um carro zero da melhor qualidade". Ele justificou que estava comparando o poder de compra do trabalhador

CAIU

94 mil faltam à prova do concurso do Tribunal de Justiça do Paraná

Assim, a disputa que estava em 1,3 mil concorrentes por vaga passou para 482 por vaga