Aperte enter para pesquisar

Paraná

ÁGUAS PASSADAS

Fracking para exploração de gás de xisto passa a ser proibido por lei no Paraná

O fraturamento hidráulico é uma tecnologia utilizada para a extração do gás do folhelho pirobetuminoso de xisto – consistindo na perfuração profunda do solo para inserir uma tubulação por onde são injetados produtos químicos, areia e água, sob alta pressão, para fraturar a rocha e liberar então o gás de xisto. Contaminação da água é risco

por Jonas Laskouski

Atualizado em 11/07/2019 - 03h40

Foi publicada em diário oficial, nesta quarta feira (10), a lei que proíbe totalmente a exploração do gás de xisto pelo método de fracking, ou fraturamento hidráulico, em todo território paranaense. A proposta foi votada na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) no mês passado e sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD). O Paraná tem reservas de gás de xisto.

 

A Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida (Coesus), juntamente com o Instituto Internacional Arayara e a 350.org Brasil, comemorou a proibição, destacando que acredita que seja o primeiro caso formalizado no país. A Lei nº 19.878 prevê a revogação da Lei Estadual nº 18.947, sancionada em dezembro de 2016, que tratava apenas da suspensão temporária da exploração do gás de xisto por um período de dez anos.

 

O fracking, ou fraturamento hidráulico, é uma tecnologia utilizada para a extração do gás do folhelho pirobetuminoso de xisto – consistindo na perfuração profunda do solo para inserir uma tubulação por onde são injetados produtos químicos, areia e água, sob alta pressão, para fraturar a rocha e liberar então o gás de xisto. Entre os riscos está a contaminação da água potável não só na superfície quanto nas fontes subterrâneas. Controversa, a prática é adotada em outros países, como nos Estados Unidos, com registros de problemas.

 

Entenda (Imagem: Gazeta do Povo)

 

(Com informações da Gazeta do Povo)

Comentários

Notícias Relacionadas

KERESDRAKON VILSONI

Nova espécie de pterossauro é descoberta em cidade do Paraná

Fósseis de réptil voador que viveu entre 110 milhões e 80 milhões de anos atrás foram encontrados na cidade de Cruzeiro do Oeste, a cerca de 284km de Guarapuava. Segundo pesquisadores, animal tinha 2,5 metros de envergadura e cerca de 15 quilos

LENIÊNCIA

Lava Jato fecha acordo e preço vai cair em seis praças de pedágio

Todas as praças são na BR-277. Durante a Operação Integração, foi apurado o pagamento de propinas para conseguir aditivos contratuais que levaram ao aumento de preços e/ou à redução nas obrigações, como retiradas de obras

PLANO VERÃO

Coca-Cola abre contratação temporária no Paraná e têm vagas para Guarapuava

São 199 vagas para jornadas que vão de agosto a dezembro em diversas cidades do Estado. Veja os detalhes e se interessar, boa sorte!