Aperte enter para pesquisar

Mundo

DEMOCRACIA QUE CHAMA NÉ

Salário mínimo venezuelano chega a valor mais baixo na história

"Com alguma sorte", dá pra comprar uma cartela de 30 ovos. E só

por Jonas Laskouski

Atualizado em 21/08/2019 - 11h35

A economia da Venezuela segue em queda livre, um ano após o plano de recuperação econômica proposto por Nicolás Maduro. O salário mínimo mensal no país, que é de 40 mil bolívares soberanos (sim, esse é o nome da moeda da ditadura do presidente esquerdista), chegou ao seu valor mais baixo da história nesta terça (20). O valor equivale a cerca de US$ 2,76, ou cerca de R$ 11,15.

 

Mas o que importa mesmo é a democracia (Foto: Reprodução)

 

Segundo o câmbio oficial estabelecido pelo Banco Central do país, o dólar foi negociado a 14.843,54 bolívares. Com 40 mil bolívares, hoje os venezuelanos podem comprar 30 ovos.

 

A ONU estabelece que estão abaixo da linha da miséria pessoas que recebem menos de U$ 1,90 por dia.

 

(Foto: Federico Parra/AFP)

 

Na imagem acima, uma enfermeira venezuelana segura um cartaz com a comparação de salários de enfermeiros na América Latina durante protesto por melhores salários e contra a falta de medicamentos e suprimentos em hospitais, em Caracas, no último dia 14 de agosto.

Comentários

Notícias Relacionadas

SINGULARES

Quatro estrelas do esporte mundial estão prestes a quebrar novos recordes

'Divindades' esportivas que parecem fazer suas jogadas com a maior naturalidades quebram não só recordes, mas paradigmas. R7, Tom Brady, LeBron James e Nadal são alguns deles

'ETIAS'

Europa vai exigir autorização de viagem de brasileiros

Conforme anunciou a Comissão Europeia, o objetivo é assegurar que o passageiro não seja uma ameaça à segurança. Veja a partir de quando ele será necessário, quanto vai custar, como emitir e quem vai exigir. Até Portugal, nossa terra mãe, vai pedir o documento

F****

App do envelhecimento pode ser armadilha virtual, preocupa EUA e deve ser investigado pelo FBI

O filtro que virou febre mundial foi desenvolvido para o aplicativo que foi criado por uma empresa russa. A curiosidade sobre como você vai ficar daqui uns bons anos pode custar caro. Seus dados, para ser direto. E o pior, com sua autorização